Buscar
  • Diego Ruiz

O que podemos aprender com a Covid-19

Desde que a pandemia do Covid-19 se espalhou pelo mundo e chegou ao Brasil, tenho acompanhado com atenção inúmeros estudos e artigos de especialistas e consultorias com análises sobre o futuro da humanidade e o impacto provocado pelo novo Corona vírus nos negócios. Entendo e defendo que a prioridade é cuidar das pessoas, da saúde e da sobrevivência de todos nós (#fiqueemcasa). E, no momento, me arrisco a dividir com vocês alguns apontamentos sobre o mundo que está por vir pós-pandemia.

Estamos operando em terreno desconhecido, que os atuais modelos de projeção e planejamento não alcançam. Sim, com tudo que estamos assistindo, é fato que já estamos vivendo um “novo normal”.

O que teremos efetivamente no futuro é ainda incerto. Mas, com o que vimos até aqui, é possível tirar algumas lições sobre como sobreviver no novo mundo. O que, afinal, podemos aprender com esta pandemia? A seguir, listo cinco pontos:

1 – Não existe receita de bolo para reconstrução do seu negócio. Cada setor e empresa vai encontrar sua saída - adequada ao seu mercado, às suas condições e ao cenário externo - para retomar as atividades e sua saúde financeira. Um conselho: a resiliência será uma necessidade fundamental.

2 – O que sua empresa está fazendo agora – a postura junto a colaboradores e principais stakeholders e capacidade de adaptação - será muito importante na forma como vai ser percebida pelos clientes e, claro, para o futuro dos seus negócios e sobrevivência.

3 – Dialogar, ouvir e comunicar. Mais do que sempre empresários devem buscar e estimular a conversa e manter a comunicação com seus diferentes públicos. De forma transparente, comunique as providências adotadas, o que fez para se manter ativo ou quando retomará as atividades. Converse com colaboradores, clientes, fornecedores e concorrentes para rever modelos, encontrar novas soluções e até desenvolver novos produtos. Em uma crise como esta moldada por incertezas, a melhor solução pode, inclusive, não estar entre os que integram o topo das organizações. Deixe claro que você está disposto a realizar mudanças e manter aberto o canal de diálogo. Se o mundo está em transformação, não seja você a ficar parado.

4 – E se o momento é de mudança, faça o dever de casa. Revisite planilha de custos, cadeia de suprimentos, portfólio de produtos, processos internos e plano de negócios. O que pode ser adaptado aos novos tempos? Como sua empresa pode se preparar melhor para enfrentar outras crises (revisão de contratos, política de estoques, aumento de recursos em caixa)? Há espaço para ampliar o seu ecossistema de negócio (clientes, fornecedores, parceiros)? Sobre custos, não pense apenas em corte, mas também de que forma o dinheiro em caixa pode ser melhor empregado.

5 – Transformação digital. Se já era importante, passou a ser urgente para as empresas colocar definitivamente a tecnologia no dia-a-dia dos negócios: reforço da infraestrutura de TI, capacitação da equipe e desenvolvimento de novos produtos ou canais de comunicação com o público.

A pandemia está provocando uma forte reestruturação econômica e social, com impacto nos valores e nos hábitos de vida e de consumo. Todos estamos revendo rotina e prioridades. Como sua empresa pode se adaptar a este novo funcionário, cliente, consumidor e cidadão que vai emergir no mundo pós-pandemia? Esse é o nosso dever de casa.

Sabemos que o desafio é grande. E é esse desafio que nos move. Nós da ADSUM entregamos para cada cliente uma visão singular, criada apenas para ele. Não trabalhamos com modelos de prateleira ou aplicada por nós em outros clientes. Preferimos fazer algo sob medida e do jeito que cada um de nossos clientes prefere ver e utilizar. Conte conosco nesta nova jornada que está por vir.

12 visualizações0 comentário